Alunos da UnB que estavam no Instituto Central de Ciências (ICC), ontem, por volta do meio-dia, viram uma cena curiosa. Cerca de 15 pessoas correram totalmente nuas pelo Minhocão no sentido norte-sul. Aparentemente não há motivações políticas ou ideológicas claras na manisfestação. Foi a terceira edição do que os estudantes chamam de Corridão Norte-Sul.

Com apenas seus rostos cobertos, eles saíram de um local conhecido como Ceubinho, correram até o final da Ala Sul do ICC e entraram em um anfiteatro onde havia aula. Passaram pela aula, se vestiram e se dispersaram entre os outros estudantes. O número de homens e mulheres estava equiparado, ao contrário das edições anteriores quando a presença masculina foi bem maior.

Sem mote ideológico
O Jornal de Brasília conseguiu fazer contato com um dos corredores. Ele se identificou como Speed Racer e confirmou que o movimento não é ideológico, partidário ou algo do tipo. “O mote da corrida é se rebelar com o tédio, com o cotidiano. Pessoas correndo nuas por uma universidade são um rasgo no cotidiano do espaço. Faltam sensações ambíguas nas pessoas”, disse. Ele afirmou, ainda, que a manifestação pode se repetir ou não e que as datas são definidas em cima da hora.

A “sensação ambígua” que eu tive quando li isso foi “porra! ta aí uma idéia que deveria ser copiada entre as estudantes da UFSC”, cá entre nós, seria muito mais divertido do que esse bando de moleque correndo.

fonte: http://clicabrasilia.com.br/impresso/noticia.php?IdNoticia=295965

Advertisements